Palestrantes

Anderson Pereira Portuguez – UFU
Licenciado em Geografia pela Universidade Federal do Espírito Santo, Mestre em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo e Doutor em Geografia e Desenvolvimento: Território Sociedade e Turismo? pela Universidad Complutense de Madrid (Espanha). Estágio pós-doutoral em Geografia Cultural pela Universidade de Brasília. Trabalha com pesquisas em Geografia Cultural, Geografia do Sagrado e Geografia do Turismo. Também estuda temas como diversidade e direitos humanos; desenvolvimento com base local e comunidades. É professor da Universidade Federal de Uberlândia, assim como do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Pontal PPGEP/UFU. É Presidente do Instituto Ganga Zumba, Seção Minas Gerais desde 2015. Fundador da Sociedade Cultural Asé Tobi Babá Olorigbin (Ituiutaba, MG). Autor/organizador de diversos livros, capítulos de livros e mais de uma centena de artigos científicos publicados em congressos e revistas científicas. Homenageado duas vezes pela Câmara dos Vereadores de Uberlândia por seus esforços em favor da proteção da memória religiosa afro-brasileira no Triângulo Mineiro.

Claudemira Azevedo Ito – UNESP

Possui graduação em Geografia Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1986), mestrado e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo . Atualmente trabalha no Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Geografia e Turismo, atualmente pesquisa os seguintes temas: geografia do turismo e a produção do espaço, o turismo pedagógico e sua interface com o ensino de geografia.

Boisbaudran Imperiano – UNIPÊ – FPB

(Advogado / Biólogo / Adm. Hospitalar / Professor / Escritor)
Pós-graduado em Análise e Gestão Ambiental, Administração Hospitalar, Direito do Trabalho e Direito Ambiental. Professor do Curso de Direito da FAP, Professor de Cursos de Pós-Graduação no Unipê, FPB, CINTEP/PB e FAFIRE/PE. Conselheiro do Conselho Nacional de Meio Ambiente – Conama, Conselheiro do Cons. Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Acadêmico da Academia Paraibana de Letras Jurídicas – APLJ

Edson Vicente da Silva – UFC

Graduação em Geografia – Bacharelado e Licenciatura. pela Universidade Estadual do Ceará (1981), mestrado em Planejamento Rural em Função do Meio Ambiente pelo Instituto Agronômico Mediterrâneo de Zaragoza (1987), doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Rio Claro São Paulo (1993), pós-doutor em Educação Ambiental pela Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (2006) e pós-doutor em Planejamento e Geoecologia da Paisagem pela Faculdade de Geografia, Universidade de Havana-Cuba (2007). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Ceará (1997), tirocínio docente da Universidade Federal da Bahia e professor dos Doutorados e Mestrados em Geografia e de Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA), da Universidade Federal do Ceará . Tem experiência na área de Geoecologia da Paisagem, atuando principalmente nos seguintes temas: análise ambiental, educação ambiental, litoral, análise geoambiental, recursos hídricos e desenvolvimento sustentável.

Marcus Eduardo de Oliveira – FAC-FITO

Graduado em Ciências Econômicas pela Faculdade de Economia e Administração de Osasco (FEAO-1994). Mestre em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo – (USP-2005). Especialista em Política Internacional pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – (FESP-1995). Possui curso de especialização pela Universidad de La Habana, Cuba (2003). Atualmente é professor titular do Departamento de Economia da Faculdade de Ciências da Fundação Instituto Tecnológico de Osasco (FAC-FITO), professor de Política Ambiental e de Economia, no Departamento de Comércio Exterior e de Ciências Contábeis do UNIFIEO (Centro Universitário da FIEO). Membro de GECEU – Grupo de Estudos de Comércio Exterior do Centro Universitário da FIEO. Colunista da revista Dom Total (Belo Horizonte), do site www.cofecon.br (Conselhor Federal de Economia) e do Portal EcoDebate. Autor do livros “Conversando sobre Economia” (Editora Alínea, 2002), “Pensando como um Economista” (ed. eBookBrasil, 2010) e “Provocações Econômicas” (ed. eBookBrasil). Áreas de interesse: Economia Ecológica; Economia Social-Solidária; Economia da Comunhão, Desenvolvimento Econômico.

Nubia Caramello – Secretaria de Educação do Estado de Rondônia  

Doutorado Internacional e em Geografia, pela Universidade Autonoma de Barcelona UAB – Cataluña / Espanha (2014-2017). Mestre (2010) e Graduada em Geografia (2004), e em Pedagogia (2006), através da Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Especialista em Processamento das Informações Geográficas na Gestão Ambiental (2006) pela Faculdade de Rolim de Moura FAROL – RO. Investigadora convidada do Laboratório de Geografia e Planejamento Ambiental (LABOGEOPA/UNIR) atuando na linha de pesquisa gestão ambiental. Integrante do Grupo de Pesquisa Água, Território e Sustentabilidade – (UAB/Espanha) e do Grupo de Pesquisa Geomorfologia fluvial e Ambiental (Geomorphos/UFRJ). Pesquisadora de instrumentos tecnológicos e metodológicos que viabilizem Plano de Bacia Hidrográfica e mecanismo de Gestão de Bacia Hidrográfica Integrada ao interesse dos atores locais. Trabalha tendo por base do diálogo geográfico os conceitos de Geomorfologia Ambiental, História Ambiental, Metabolismo Socioambiental, Cambio Ambiental Local e Gestão de Recursos Hídricos. Profissionalmente atua como Professora em todos os níveis de educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Ambiental, Licenciamento Ambiental, Pericia e Auditoria Ambiental, Meio Ambiente e Sociedade, Sustentabilidade Hídrica Local e Legislação dos Recursos Hídricos e Metodologia do Ensino Superior,Didática, Geociencias, Iniciação científica e Indicadores Socioambientais. Como pesquisadora voluntaria é coordenadora é idealizadora do Grupo Experimental de Pesquisa Diálogo Hídrico Multidisciplinar, Membro do Conselho da Associação de Pesquisadores Polares e dos Mares em Inicio de Carreira. – APECS-Brasil, também é colaboradora regional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacia Hidrografia, através da mobilização para implantação de Comitês de Bacia Hidrográfica em Rondônia, com foco na Bacia do Rio Branco e Colorado (Afluente do Rio Guaporé, divisa territorial com a Bolívia).

Alecksandra Vieira de Lacerda – UFCGPossui graduação em Licenciatura em Ciências com Habilitação em Biologia pela Universidade Federal da Paraíba (1998), mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal da Paraíba (2001) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (2007). Atualmente é Professora Adjunto, Nível IV, do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande ocupando os seguintes cargos: Coordenadora do Laboratório de Ecologia e Botânica, Coordenadora da Unidade Acadêmica de Tecnologia do Desenvolvimento, Presidente do Comitê de Pesquisa e Extensão do CDSA/UFCG, membro do Comitê Interno de Iniciação Científica da Universidade Federal de Campina Grande, Coordena na Instituição Receptora o Mestrado em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos (MINTER UFPB/UFCG) e é membro permanente do Mestrado Profissional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos – CDSA/UFCG. Encontra-se como Líder do Grupo de Pesquisa – CNPq: Conservação Ecossistêmica e Recuperação de Áreas Degradadas no Semiárido e está como pesquisadora associada a Rede Norte Nordeste de Fitoprodutos – INCT-RENNOFITO. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Ecossistemas, Ecologia de Comunidades e Ecologia de População, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia e dinâmica da Caatinga, gerenciamento e manejo de bacias hidrográficas, etnoecologia, flora e estrutura de áreas ciliares e manejo de lavoura xerófila.

Genebaldo Freire Dias – UCB
É graduado em Ciências Biológicas, Mestre e Doutor em Ecologia pela Universidade de Brasília. Foi, por 27 anos, professor e pesquisador da Universidade Católica de Brasília, atuando na Graduação e no Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental Atua na área de EDUCAÇÃO AMBIENTAL e GESTÃO AMBIENTAL (desenvolve recursos formacionais, implanta e avalia programas de Educação e Gestão Ambiental).

Thais Guimarães – UPE

Doutora em Geociências pela Universidade Federal de Pernambuco – Linha de pesquisa: Geologia Sedimentar e Ambiental. Cursou parte do doutorado em regime de intercâmbio sanduíche na Universidade de Trás-os-Montes e Ato Douro (UTAD – Portugal – Ano de 2015 pela CAPES). Mestre em Geociências pela UFPE (2013). Especialista em Ciências Ambientais pelo CINTEP-PB (2010). Possui Bacharelado e Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal da Paraíba (2009). Possui experiência na área de Geociências, com ênfase em Geografia Física, Meio Ambiente e desenvolvimento sustentável. Trabalhando principalmente com Desenvolvimento territorial sustentável, Geodiversidade, Geoconservação (Geoparques e Geoturismo) e divulgação das Geociências nos espaços formais e não formais de ensino. Recebeu menção honrosa do prêmio de Teses CAPES 2017, pelo reconhecimento da relevância do trabalho nas geociências. Atualmente Professora Adjunta na Universidade de Pernambuco (UPE/PETROLINA).

Giovanni Seabra – UFRR

Professor Titular da Universidade Federal da Paraíba e Professor Visitante da Universidade Federal de Roraima, vinculado ao Programa de Pós Graduação em Geografia – PPG-GEO / Instituto de Geociências; Professor Passante na Universidade Nacional da Costa Rica, (2016); Bacharel em Geografia pela Universidade de Brasília (1986); Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco (1991), Doutor em Geografia Física na Universidade de São Paulo (1998), Pós-Doutor em Geologia Sedimentar e Ambiental, na Universidade Federal de Pernambuco (2004); Pós-Doutor em Geoecologia das Paisagens, pela Universidade Federal da Bahia (2006); Pós-Doutor em Gestão Socioambiental de Parques Nacionais, pela Universidade Central do Chile (2015). Autor de diversos livros e artigos científicos, tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geoecologia das Paisagens, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Diagnóstico e Análise Ambiental, Metodologia da Pesquisa, Ecodesenvolvimento, Planejamento do Turismo e Educação Ambiental. É coordenador do Projeto Turismo Sertanejo, desde 2001.